segunda-feira, junho 29

(ha)Viavotos

Estou feliz. A habitual apatia de Verão vai desdobrar-se em considerações, e desconsiderações, políticas. O poleiro dourado vai a sufrágio no final de Setembro e o destino do nosso país continua uma incógnita. Parlamento escrutinado, seguem-se os municípios. No caminho até à deliberação do povo, continuam a alcatroar-se pavimentos, levantar-se viadutos a roçar habitações e a afunilar o trânsito. Nunca a política esteve tão associada ao meu sono. Por causa das pressas, e dos timings cirúrgicos das obras públicas, ando a acordar uma hora mais cedo para conseguir cumprir horários no lufa-lufa matinal. Um percurso de 10 minutos dilata-se, desde o início do ano, em uma hora (números redondos). Preparo-me para inscrever, nos quatro boletins, o dedo médio, vulgo pai-de-todos

1 comentário:

Cheese Maker disse...

confusion, baby...