quarta-feira, outubro 25

'Bora(t) lá ver isso

He is coming in a moment very quick. Infelizmente não tão depressa quanto o desejável, pois as salas de cinema portuguesas só acolherão a pérola no finalzinho de Novembro. Mas acho que vale a pena penar. Borat Sagdiyev é um jornalista do Cazaquistão, ficcionado por um homem que faz mais pela humanidade que 400 inúteis reuniões do Conselho de Segurança da ONU. Sacha Baron Cohen tem o dom de desmascarar senadores e congressistas norte-americanos à mais pura natureza da imbecilidade. Entrevistas aparentemente absurdas conseguem extrair desses senhores todo o potencial-avestruz, aqueles animais espadaúdos famosos por terem olhos com diâmetro superior ao cérebro anexo. As brincadeiras de Sacha desencadearam um conflito diplomático só ofuscado pelos testes nucleares do travesso Kim Jong-il. Curiosamente, as queixinhas tiveram origem nos mal agradecidos, e sensíveis, cazaques, um povo que tem no ciclismo, ou doping (que é praticamente a mesma coisa) a sua única referência internacional: Alexandre Vinokourov. Borat tem mais pedalada e o filme que aí vem promete incontidas urinadelas

2 comentários:

Woman disse...

Incontidas urinadelas, não muito obrigada. Mas se promete assim tanto, venha Novembro.
Eu gostei do conflito diplomático...

Beijos Fogachito...

Joana\ disse...

essa foto rebenta com qq fantasia q eu possa vir a ter nos próximos 150 anos... gajas, há gajas?