segunda-feira, outubro 16

Estado lacrimal

Um homem também chora, mas um homem não é lamechas. Homem que é homem, verte lágrimas por causas nobres. Por outras palavras, não esbanja fluídos por menoridades. Macho não faz birras. Não uiva a cobiçar o que não tem. Contenta-se orgulhosamente com os argumentos próprios. Macho comove-se, é verdade. Mas com um golo de bandeira do Nuno Gomes ou uma chapelada do Miccoli. Desprevenido, ainda pode estremecer com o Adágio de Albinoni, que corre traiçoeiro em elevador de edifício público. Mas homem tem por hábito esgueirar-se habilidosamente dessas ratoeiras. Os prantos são para os incautos. Impreparados. Inábeis. Pobres coitados, que se desregulam com melodramas da estirpe de uma Lista de Schindler. Águas gastas, quando se apela à moderação dos recursos naturais. Há excepções, obviamente. Quando, por exemplo, a segunda-feira se esgota ao ritmo de uma ampulheta de areia granulosa. Quando os minutos galgam a passadas agonizantes de caracol . Logo depois de uma semaninha de lazer, concluída com "sesimbrada" de marisco e branco fresquinho. Só me apetece ir chorar para o programa da Rosa Bela

5 comentários:

Anónimo disse...

não precisas de ir para o programa da outra, quando tens aqui ao lado o ombro - e não só - de uma "jóia" :o)

fogacho disse...

o que me vale são estes episódios de assédio

Joana disse...

ah ah ah :P assédio... isso é fácil.... o q tu queres sei eu Ohhhhh Sr. Fá xa vôr.... Vai trabalhar..... !!!!!!!!!

Woman disse...

Estou contigo Fogacho, aí está um motivo forte para chorar baba e ranho para o programa da Rosa Bela. Sim, porque macho chora baba e ranho...

(Estou contigo, estou com a Rosa Bela, bolas ando mesmo na penúria, estou com todos... Maria vai com todos...)

Woman disse...

Haaaaa, sabes que mais? Ando a melhorar. Já não encalho nas letrinhas com a mesma frequência de antes. Agora engano-me só uma vez de cada vez que comento. "Apoisé"...