quinta-feira, abril 12

Nafonemsaci

Informaram-me que a sociedade moderna adoptou um novo conceito relacional que dizimará os guias de Platão e Tantras. Depois de os rituais reprodutores terem resvalado num orgíaco despudor, parece que há gente com ensejos de reequacionar os anárquicos cerimoniais da cópula. Esse método inovador, denominado nafonemsaci, consiste basicamente na subtracção da descarga até a ínfima parte do nada. Por outras palavras, e passo a citar, ir adiando o prazer carnal para não perder a piada. Ou seja, para não inquinar a fantasia, que um punhado de energúmenos chama utopia (como se isso existisse), vai-se melando o relacionamento com sorrisinhos e rubores. Numa etapa já mais avançada, e só depois de petrificado o tecido muscular labial (em forma convexa), o processo é consumado em cafezinhos aqui e acolá, numa espiral orgasmática que nutre o palato e conserva o ego a temperatura tépida. Mantenho, porem, uma ligeria desconfiança sobre a originalidade dos conceitos, muito semelhantes aos daquela colectividade, já com um número significativo de associados, dos Não F#%& Nem Sai de Cima

3 comentários:

Florença disse...

Diz-me que isso é para menores de 12 anos, por favor... :S

durao barroso disse...

Realmente há com cada cromo...

trincadeira disse...

Devo dizer o seguinte:

O parágrafo abaixo citado é, na minha modesta opinião, um portento de fina ironia, ao qual rendo homenagem por me ter dar daquelas gargalhadas que vão rareando nos tempos que correm. Ao seu autor, os meus parabéns e agradecimentos.

Aqui vai, o supra-citado, a guardar nos favoritos.

"Mantenho, porem, uma ligeira desconfiança sobre a originalidade dos conceitos, muito semelhantes aos daquela colectividade, já com um número significativo de associados, dos Não F#%& Nem Sai de Cima".