segunda-feira, maio 7

Love toast

Há uns anos, o laranja Macário, adepto do cicloturismo, lambia cinzeiros depois de largado pela companheira nicotinodependente. Ouvi agora uma história com laivos de semelhanças. Uma pessoa de coração acalorado deixa queimar as torradas, aquando do preparo do pequeno-almoço, sob o pretexto de aquele filete de carvão proporcionar ao paladar o mesmo gosto dos beijos trocados com mais-que-tudo, fumador inveterado. É uma desculpa esfarrapada, mas sempre embeleza o descuido

2 comentários:

flower power disse...

:o))

Joana disse...

aiiiii q bonito