quarta-feira, setembro 12

Trovonada

Há noites que somos pais das nossas filhas e pais das nossas mulheres

3 comentários:

Joana disse...

tinha dado um certo jeito onte teres sido pai da tua sobrinha, pai da tua irmã... :P

flower power disse...

tu sabes... é mais forte do que eu! tenho de fazer terapia para vencer o medo! ;o))

Florença disse...

E há anos (diria até vidas, se houvesse mais do que uma) que nós, mulheres, somos mães dos nossos maridos ;)