segunda-feira, novembro 19

A Iga A.

A polémica instala-se pelo cantos mais recôndidos da comunidade blogueira. A responsabilidade do alvoroço é exclusiva de uma jovem polaca que o espaço virtual mais paradisíaco do Mundo decidiu projectar para a ribalta. De Iga A., assim mesmo, de apelido desbastado à primeira letra de família, pouco se sabe. Aliás, é esse caracter anónimo, associado a uma caixa toráxica 37 DD, números que vão um pouco além da volumetria de dois pacotes Nesquik, 50 cl cada, e a um semblante casto, que inspiram comentadores, opinadores e existencialistas a esgrimirem argumentos sobre a subjectividade da formosura. Tendo direito à palavra, acrescento: há debates inócuos que merecem ser estrondosamente derrotados pelos 167 cm (contornados por 64 de cintura e 91,5 de quadril) de indiscutível excelência. Tenho dito!

3 comentários:

flower power disse...

a ser trocada que seja pela polaca! ;o)

Florença disse...

Está giro o facto de teres escolhido a única foto onde ela não aparece com as mamas (ou as partes baixas) à mostra.

Não esquecer que as mamas grandes tendem a inverter a altitude com a idade :P

Anónimo disse...

parece q isso e uma caracteristica la do leste, a julgar pela moçoila que por ai passarica...sim no fim de smn fui posta a par!e o q da passar os dias de lazer so com machos!lol

beijos
juli