quarta-feira, novembro 7

Valsa Ross

Muito antes dos revolucionários anúncios ao creme de banho Fa Fresh, lembro-me de um outro reclamo televisivo, que também versava a temática da higiene diária, gerador das primeiras combustões hormonais da minha pessoa. A par do Feno, e da alva rapariga que desbastava searas ao peso das passadas de amor, existia um outro produto concorrente, que não me recorda o nome, que propagandeava um sabonete ao som do meu mais reprovador guilty pleasure. Esgotavam-se as sobras da década de 70 e, ao mesmo tempo, germinavam-me no íntimo os primeiros impulsos de afeição ao sexo oposto. Como oportunamente denunciei, os carinhos na Elizabeth elaboravam-se na fantasia pelo som de Diana Ross e desta magnífica balada de amor. O cenário de confetis pluri-cromaticos, cuspidos sobre verdejantes pradarias, sob um horizonte pejado de arco-íris, reflectidos em cristalinos lagos de nenúfares, onde repousam centenas de ligeiras borboletas, só é verdadeiramente belo ao som do Do You Know Where You Going To. Cantamos?

3 comentários:

Joana disse...

começo a ficar realmente preocupada contigo!

Florença disse...

A foto tira a vontade de cantar a qualquer um :S

trincadeira disse...

Seria o Lux ou o Cadum? o Festa ou o Palmolive ou o sabão macaco? Lembra-te lá!