quarta-feira, fevereiro 28

Finados do Cristo

Depois de ter sido amarrado, vilipendiado, cuspido, pontapeado, esbofeteado, esmurrado, apedrejado, açoitado, chicoteado, golpeado, esfaqueado, escalpelizado, salgado, martelado e esventrado, Jesus quinou! A descoberta pertence a James Cameron, o mesmo que afogou a escaldante relação entre Leonardo Di Caprio e Kate Winslet. 1974 anos depois da carnificina, o realizador de cinema fez a vez da comunidade científica e aniquilou o certificado de ressurreição do nazareno. Um documentário provará que Cristo subumbiu às violentas sevícias de judeus e romanos e já não teve estaleca para se reerguer do túmulo. Cameron mostrará também que a sepultura estava soterrada junto da de Maria Madalena, meretriz para a Igreja mas alegada esposa do pobre crucificado. Para apimentar ainda mais o documentário, um terceiro féretro denunciará que Cristo perfilhou um jovem vigoroso, arrasando com o casto e assexuado perfil do auto-denominado filho do Criador. Depois de há uns anos um grupo de artistas ter desmistificado o angélico rosto de Jesus, recriando uma fronha que mais se assemelha a um líder tribal do paleolítico, querem agora fazer-nos crer que Cristo, além de fedorento malparecido, não ressuscitou. Qualquer dia ainda dizem que, afinal, Jesus era herdeiro do proprietário da mais abastada peixaria de Belém e zombam das potencialidades fertilizadoras da luz do infinito, muito elogiadas na altura por Maria junto do crédulo José

1 comentário:

Florença disse...

Com um aspecto tão esgazeado e por entre a venda de pescada congelada e camarão de setúbal, tudo leva a crer que Jesus fumava umas belas ganzas na casa de banho do pessoal. :D LOL