sexta-feira, janeiro 19

Eva d'Adão

Para os macambuzios, que nunca vislumbram luz alguma
Para reproduzir novos pontos de referência
Para molde de Deus na requalificação do Éden
Pare revolucionar de vez os conceitos de excelência
Para nos angustiarmos pelo fim de um ciclo
Para delimitarmos o infinito da beleza
Para nos deliciarmos incrédulos
Para dar saúde e revigorar o olhar
Para estupidificar... e até salivar
Para graças a um espaço magnífico
...
Eva Green, a mais sardenta das bond girls

4 comentários:

Florença disse...

E o post no feminino? ;)

carla disse...

Ya faz aí um à malta!

flower power disse...

aí as pintinhas, as pintinhas...

Woman disse...

Sardentas é Fogacho, humm...

;)
Beijos