quinta-feira, janeiro 11

Morangada

Acompanhávamos as notícias do final de dia, acomodados no conforto do sofá. Passavam as habituais tragédias, entrelaçadas com graçolas do pivot a destempo. Lá fora, a noite esmagava o que resistia da claridade e convidava ao preparo do sono. Num repente, agarrou-me no pescoço e apelou ao beijo. Encaminhou-me o rosto ao dela, escancarou a boca e denunciou o fiambrezinho salivado. Num misto de estupefacção e repúdio, questionei-a de pronto: mas o que é isso Cice?!? A resposta que recebi de volta: um bêchu moângu! Estes miúdos são umas esponjas e nós as despudoradas cobaias. Haverá cadeados para comandos de TV?

3 comentários:

Florença disse...

Podes crer. Estou prestes a fundar o club da mortandade morangal. Não há cu...

Joana disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOL

Toma lá morangos!!!!


AhAhAhAhAhAh

carla disse...

Tens é sorte!
se não fossem os morangos não levavas beijos!!

contudo (although) kill the strawberries!!