sábado, janeiro 13

Hiper Martetin

Já não chegavam os chupas? Punhados e punhados de chupas. E acham que havia pouco chocolate? Vai de encher os expositores com toneladas de tabuletes. E os balões? A que propósito populam aquilo de balões? Ah, não esquecendo as pastilhas. Paletes de pastilhas de sabores diversificados. E já nem quero falar das gomas. Sim, que não há prateleira que não esteja recheada de quilos de rebuçados vistosos. Tudo bem. É marketing agressivo. Capitalizar ostensivamente o tempo de espera para o consumidor sacar mais qualquer coisa. Mas tetinas??? Agora metem tetinas nas proximidades das caixas registadoras?? Fosga-se. A criança tem uma crise de regressão, endoidece em berraria, faz uma fita que nos envergonha e um gajo é obrigado a levar esta inutilidade para casa. Olha... fica ali a um canto a ganhar pó, que a mim não me faz serventia

1 comentário:

Florença disse...

a chamada leitura de encher chouriças :)