quarta-feira, junho 28

Sórvisto

A minha amiga S. deu-me ontem o lamiré, mas eu juro que não tinha reparado. Parece que uma marca de rebuçados-com-uma-palhinha-espetada apostou recentemente numa mega campanha urbana. Eu juro que não reparei, mas parece que afixaram uma série de cartazes obscenos. Se atentarem à imagem anexa, pode muito bem ocorrer-vos uma javardice. Se experimentarem condimentar o pensamento porco com uma coçadela na micose da virilha, então escapam de pronto duas indecências. A coisa passou-me ao lado, mas parece que o mentor da referida campanha estava inspirado e engendrou um lema original. Com a imagem da moranguinha Diana a sorver o caramelo, desafiou toda a gente a experimentar as delícias das chupadelas. Por este andar, ainda institucionalizam as badalhoquices exclusivas dos machos e os piropos perdem a piada toda. Mais uns dois anitos, dizer impropérios passa a ser um direito constitucional. Todo o cidadão tem direito a verbalizar a seu gosto qualquer referência ao manuseamento labiar para fins lúdicos

3 comentários:

sunny days disse...

Diga-se que o slogan do outdoor era "o prazer de chupar" ...

fogacho disse...

... rabuçadinhos doutor bayard

sunny days disse...

claro, aliás, as mentes brilhantes que inventaram o slogan deviam estar a pensar em rebuçados doutor bayard