segunda-feira, novembro 27

A ceia

Uma reportagem recente da Visão vasculhou a intimidade do comissário europeu. Descobrimos que Durão Barroso cumpre um rigoroso regime, que lhe consumiu, até ao momento, a significativa fatia de 11 quilos. Cansado de rebolar pelos corredores do poder, o Zé Manuel anda a reconquistar ligeireza. A imagem enxuvalhada de uma Europa a 25 está a ser paulatinamente reconstruída por um homem que cuida da imagem. Entre os vários registos do aturado trabalho jornalístico, detive-me no convite aos leitores para o repasto semanal de Durão com um grupo de glutões em recuperação. Pudémos presenciar a amena cavaqueira numa ceia de minoridades calóricas. Depois de degustar duas fatias de tomate e metade de um hamburguer de soja, Durão partilha com os convivas um morno chá verde, junto com uma água natural gaseificada, para rematar a digestão. No rescaldo do banquete, o repórter fotográfico em serviço registou o momento em que o comissário delata a mais recente anedota sussurrada pelo amigo Santana. Contou-lhe o seu sucessor no passado recente de ex-primeiros em desgraça que almeja regressar à política activa. A confidência, de potencial risível inesgotável, parece não recolher grandes sorrisos entre os parceiros de mesa. Ora atentai na fotografia. O parceiro do lado recolhe discretamente para recuperar do abalo, enquanto o que se lhe segue paraliza de estupefacção, inspirando o cenário taciturno entre as alminhas que o acompanham na refeição. A prova incontornável que as dietas não têm piada nenhuma

5 comentários:

carla disse...

Améeeeeeeeeeeennnnnnnn

flower power disse...

e é para estas cenas que mandam os nossos pares para o degredo de Bruxelas, já não lhes bastava o constante tempo cinzento...

flower power disse...

e não vale a pena nos admirarmos porque é que o nosso amigo emigrante continua pele e osso

Pippi das Meias Altas disse...

Mas olha que lá bonito é...o emigrante, quero eu dizer!

Anónimo disse...

11 kg? Assim, de repente? É agora que ele passa de Durão para "Molinho"...