terça-feira, novembro 21

Toca A Proxenetar

Ontem fui despachar uma encomenda para Cabo Verde, leia-se penosa viagem de trabalho da Maria até à cidade da Praia. Na minha incursão pelo Aeroporto de Lisboa, descobri que a TAP anda a promover visitas guiadas às instalações por uma quantia a rondar os 15 euros. Pois foi a referida cifra, uns 3.000 escudos na moeda antiga, que tive de desembolsar por hora e meia de estada. Depois do check-in, fomos enganar o estômago com uma bucha. Por duas sandes manhosas e um par de refrigerantes, os proxenetas do pronto-a-comer Astrolábio usurparam-nos qualquer coisa como 12 euros. Com um nó na garganta, nem sequer arrisquei investir na cafeína, provavelmente adornada com raspas de ouro. Depois de deixar a Maria em lágrimas, fui levantar o veículo ao parqueamento. Só recebi o visto dos gajos da EMEL lá do burgo depois de aliviar a carteira com mais 3 euros. Acredito que a parasitação das low-cost anda a baralhar as contas ao minino Fernando Pinto, mas caro administrador, o nobre gesto de expedir a minha senhora não tem preço

2 comentários:

carla disse...

Pois para a próxima manda a encomenda por DHL! :)

Joking, joking...

Anónimo disse...

Quando fores apanhar a encomenda, deixa o carro na bomba de gasolina ;)