quarta-feira, agosto 2

Cachucho

Para os detractores do Fanã, a resposta do conceituado técnico foi dada em Atenas. Para quem duvida das potencialidades do senhor, a máquina trituradora do AEK é o exemplo fiel que o engenheiro trabalha à séria. Não é qualquer equipa que dá aquele festival de bola e o mérito é todo do Santos. Mas na carreira deste treinador, a capacidade anda de mãos dadas com algum azar. O infortúnio do destino ditou que se juntassem na capital grega o pai e o monstro por si criado. Danado com o abandono, o órfão aviou um arraial de porrada ao progenitor, recorrendo aos ensinamentos de outrora. O Fanã ficou todo (de) vermelho. Graças a Deus, sou do Olivais e Moscavide

2 comentários:

Anónimo disse...

Graças a Deus sou do Estrela da Amadora.

anarquista disse...

estou a ponto de cortar os pulsos..

:~(